Visitors have accessed this post 275 times.

Partilhar artigo:

No período que remete aos últimos 12 meses, a Bitcoin registou uma queda de 43%, a Ethereum perdeu quase metade (49%) do seu valor e as outras criptomoedas principais têm perdas por volta dos 70%.

As Criptomoedas têm tido um comportamento semelhante a outros ativos digitais. É o caso dos NFT’s que estão a sofrer uma queda cada vez mais rápida.

O contexto político-económico em que estamos a viver tem sido uma das causas para a queda das criptomoedas. A nova onda de covid-19 na China, a guerra na Ucrânia e principalmente as políticas económicas de grandes economias como a dos EUA, em que a inflação atinge recordes e a taxa de juros revela-se a maior dos últimos anos, o que provoca uma fuga de capital dos mercados de risco.

Detentores de criptomoedas

No dia 11 de Maio, deu-se o primeiro fracasso da Stablecoin de relevo, Terra.

Stablecoin: o que é

A Stablecoin é um tipo de criptomoeda que mantém um valor fixo ao longo do tempo. Tipicamente, o valor de uma Stablecoin está associado ao valor de uma moeda real específica, geralmente o dólar americano. Seguindo este modelo, uma unidade de criptomoeda equivale a uma unidade de moeda real. Não é suposto que o preço das Stablecoins sofra flutuações ao contrário de outras criptomoedas altamente voláteis como a Bitcoin.

Uma análise ao que aconteceu com a Terra

A Terra (Luna) encontrava-se no top 10 das criptomoedas, pelo que parecia um projeto credível.

O sistema desta criptomoeda inclui uma rede de pagamentos (Terrapay) que utiliza a stablecoin Terra (símbolo UST) como método de pagamento “seguro” e de baixo custo. Associado a esta está um token (símbolo Luna), em que os detentores obtêm os rendimentos do sistema Terrapay. Como tal, as Stablecoins estão no centro deste sistema e, após o fracasso, não se prevê que possa sobreviver. Na tarde de 12 de maio, a rede esteve parada.

No fim de semana os problemas já tinham começado, quando vendas massivas de UST fizeram o valor de mercado cair abaixo do valor de 1 dólar. Assim, surgiu uma oportunidade de arbitragem, em que era possível comprar no mercado UST por menos de 1 e trocá-lo por Lunas no valor de 1 dólar (vendendo estas imediatamente), e obtendo assim um ganho.

A stablecoin é gerida por um algoritmo que tentou compensar criando mais tokens Luna para fazer cair o seu preço e eliminar esta possibilidade de arbitragem, mas o efeito foi provocar uma espiral de quedas nos dois ativos. A UST, que chegou a valer apenas 22 cêntimos de dólar, está neste momento nos 35 cêntimos, com grandes oscilações. O Luna, já referido, evaporou-se completamente.

A criptomoeda Bitcoin foi afetada uma vez que a fundação que governa a blockchain Terra detém grandes somas em Bitcoin, que poderá ter de vender para obter dólares e assim apoiar o valor da Terra. Trata-se de um processo com algumas semelhanças com a venda de reservas de um banco central que está a tentar manter o valor da sua divisa.

Conclusão

O crash das criptomoedas assume relevência para os investidores que procuram se informar dentro deste âmbito. O objetivo é entender que mesmo as criptomoedas alternativas mais populares podem sofrer perdas bruscas e ter dificuldade em permanecer. O conceito de redes de pagamentos descentralizados das Stablecoins parece interessante mas os tempos atuais demonstraram que é preciso uma estratégia melhor.

A segunda semana deste mês foi histórica e um abrir de olhos para os entusiastas das criptomoedas, que puderam perceber que ainda há muito por se fazer. 

Fontes:

Bogost, I. (2022). The Crypto Crash Feels Amazing. Obtido em 22 de Maio de 2022, de The Atlantic: https://www.theatlantic.com/technology/archive/2022/05/bitcoin-cryptocurrency-crash-risk-misfortune/629909/

Chaturvedi, V. (2022). Crypto Crash: What Investors Need to Know. Obtido em 22 de Maio de 2022, de Investopedia: https://www.investopedia.com/crypto-crash-what-investors-need-to-know-5272147

Gouveia, A. (2022). Colapso da stablecoin Terra ameaça criptomoedas? Obtido em 22 de Maio de 2022, de Proteste Investe: https://www.deco.proteste.pt/investe/investimentos/mercados-moedas/noticias/2022/05/colapso-stablecoin-terra-ameaca-criptomoedas

Royal, J. (2022). What are stablecoins and how do they affect the cryptocurrency market? Obtido em 22 de Maio de 2022, de Bankrate: https://www.bankrate.com/investing/stablecoin-cryptocurrency/

Rubinsteinn, G. (2022). Criptomoedas em queda: bitcoin chega ao menor preço dos últimos 15 meses. Obtido em 22 de Maio de 2022, de Exame: https://exame.com/future-of-money/criptomoedas-em-queda-bitcoin-chega-ao-menor-preco-dos-ultimos-15-meses/

1 COMENTÁRIO