O impacto das Startups no mercado pode ser entendido em quase todas cidades do mundo. Se olharmos para produtos, serviços e soluções vemos que a forma como alguns exemplos eram realizados, hoje são impactados pela ação de startups.

Não são raro exemplos de empresas que viram o seu mercado ser rapidamente transformado por alguma solução inovadora lançada por uma startup. Alguns exemplos mais vistos são:

  • Blockbuster: uma das maiores redes de locadoras de filmes do mundo, viu, rapidamente, o mercado ser impactado e transformado pela ação dos serviços de streaming. Atualmente, a Netflix, pode ser considerada o streaming mais popular do mundo sem contar com nenhuma loja física e nenhum filme em seu formato físico (VHS ou DVD por exemplo).
  • Táxi tradicional: o serviço de transporte foi um dos mais impactados pelas startups. Há alguns anos, os táxis dominavam as cidades de uma forma que os usuários que não optavam pelo transporte público tinham poucas alternativas.

    Actualmente, com a chegada de aplicativos como a Uber, o transporte com carros convencionais ganhou o mundo e transformou a forma como os próprios taxistas ofereciam seus serviços. Para o mercado angolano por exemplo nasceram a T´leva e a Kubinga que dentro de um mercado tão necessitado mas também pouco tecnológico conseguiram ganhar espaço e número relevante de usuários dá resposta ao impacto que as Startups causam não apenas numa corporação mas na sociedade em geral.

  • Corretoras Imobiliárias: alugar ou comprar um imóvel é um processo que, geralmente, é burocrático e cansativo, tanto para o locador quanto para o locatário. Depois de anos centralizado nas corretoras imobiliárias, a locação, divulgação e compra de um apartamento ou casa hoje pode ser realizada por um aplicativo, em poucos minutos.

    Startup é uma empresa jovem com um modelo de negócios repetível e escalável, em um cenário de incertezas e soluções a serem desenvolvidas. Embora não se limite apenas a negócios digitais, uma startup necessita de inovação para não ser considerada uma empresa de modelo tradicional. 

A Kumbu Net: Startup angolana bem sucedida devido ao modelo de negócio inovador que adoptou para fornecer soluções de pagamentos online de forma muito simples e prática para o mercado angolano é também um exemplo de como a inovação pode ser considerada a alma de um negócio. Menos burocracia

O mercado actualmente é exigente não apenas na solução que dás a um problema, mas também de qual forma tu dás a solução para o referido problema. Aspecto onde normalmente as Startups fazem toda diferença.

  • Fontes:
  • epocanegocios.globo.com

4 COMMENTS

  1. As Startups certamente inovaram a relação de interdependência do prestador de serviço com o o consumidor. Posso até afirmar sem receio que de algum modo humanizaram esta relação. É isso isso tem sido um ganho sem precedentes.

  2. As startups já algum tempo têm sido o motor da evolução, não só económica mas como também na dinâmica das resoluções dos problemas atuais tanto macro como micro de uma sociedade, pois devido a as suas dimensões muita das vezes é fácil evitar complicações existentes em grandes empresas ou ter uma visão menos corrompida sobre um determinado problema.
    As startups são o futuro das organizações . Parabéns pelo artigo

  3. Embora a Sturtup seja um modelo que esteja ainda em desenvolvimento no mercado Angolano, tem sido uma experiência boa e desafiante e tem minimizado bastante o sistema burocrático e políticas de negociações!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here