Impacto nos Resultados Organizacionais e na Satisfação dos Colaboradores

2
80

“A tecnologia reinventará os negócios, mas as relações humanas continuarão sendo a chave do sucesso” Stephen Coeva

Atualmente existe uma forte competitividade e uma grande necessidade de evolução e rentabilidade das organizações, estamos a assistir neste momento a uma evolução de mentalidades nas filosofias empresariais, começa a ser compreendido o impacto que uma gestão dos recursos humanos adequada, tem na rentabilidade das organizações. Esta gestão impacta diretamente nos resultados da organização, porque a avaliação é feita a cada individuo como parte integrante de uma estrutura como um todo, assim como todos os seus resultados têm um impacto único final, (o indivíduo e a organização, por exemplo) mas também pela dificuldade de se chegar a consenso quanto à sua própria definição e natureza (Keating, 2001).

A Escola das Relações Humanas, nos finais dos anos vinte do século XX, vem alterar a abordagem clássica desenvolvida por Taylor, e toma como prioritário o colaborador como ser humano dando importância às suas motivações, sentimentos, satisfações e bem-estar do próprio tanto para consigo como para a organização.  Começa assim uma nova fase em que o trabalhador, está no centro das preocupações das organizações, a satisfação é um fator primordial. Em 1927 foi realizada a experiência de Hawthorne investigação de Elton Mayo a experiência tinha como objetivo conduzir várias situações entre os funcionários relacionando produtividade e condições físicas de trabalho, uma dos conclusões demonstrou que o simples facto de demonstração de preocupação para com os colaboradores, revelou ser suficiente para a sua motivação e satisfação, fazendo-as, consequentemente, produzir mais e melhor.

Em termos de impactos nas organizações a formação cria estímulos na criatividade, na capacidade de mudanças de comportamento e no desenvolvimento de um espírito crítico. Cria ainda, condições favoráveis para complementar conhecimentos já existentes, e trazem com isto, um conjunto de princípios fundamentais a serem observados no impacto dos resultados organizacionais.

A formação transmite estímulos motivacionais que incentivam a melhor execução das tarefas e o cumprimento dos objetivos pessoais e organizacionais. Estes estímulos resultam na realização pessoal, no reconhecimento social e no ganho material.

A formação é a melhor ferramenta de Recursos Humanos para aumentar a motivação. Por sua vez, a motivação no trabalho tem impacto no aumento da autoestima, na confiança dos colaboradores e aumenta a qualidade, como consequência, reduz o tempo de execução das tarefas, sendo este um dos pontos principais quando se fala dos benefícios da motivação no trabalho. Um colaborador motivado, trabalha mais rápido e melhor.

Os efeitos da Formação transferem os seus impactos para os ganhos e resultados organizacionais. Ou seja, a aposta no potencial humano com inserção de políticas que determinam valorizar o desenvolvimento das suas competências asseguram melhores resultados organizacionais e a satisfação dos colaboradores.

2 COMMENTS

  1. Estimada Inés Arcanjo. Os meus parabéns pelo excelente artigo aqui trazido.

    Bem verdade sim que a formação dos recursos humanos leva as organizações a impactarem de forma positiva nos seus resultados.
    Há alguns gestores no mercado que realmente têm apostado no plano de formação de base e também contínua. Mas, que os resultados não compensam o investimento feito na formação. Isto porquê? Porque começam por definir o plano de formação como se fosse apenas uma rotina e cultura da organização. O que os leva a terem um certo descuidado na preparação do conteúdo a ser ministrado.

    A capacitação dos recursos humanos têm de estar alinhadas com os objetivos da empresa e visão, para se perceber quais valências a organização precisa acrescer nos seus talentos.

    Um outro cenário é a dinâmica do mercado que tem levado muitos gestores a não investirem na formação, mas sim, em atrair talentos que agregam n’s competências e que já sabem fazer. Este método tem o seu lado positivo que é a continuidade das atividades, redução de custos com a formação etc etc.

    Mas o lado negativo é que não consideram que este talento possa ter dificuldades em adaptar-se com a cultura da organização, apresentar alguma resistência na partilha de conhecimento e em aceitar ordens.
    É necessário haver atenção redobrada com as formações para que possam impactar de forma positiva nos resultados.

    Muito bom artigo. Mais uma vez parabéns Inês.

  2. Humildemente gostaria de fazer um reparo, espero me fazer perceber.

    Notei que o tema, a frase de abertura do artigo e o conteúdo não estão em consonância.
    O meu comentário anterior foi relativo ao conteúdo.
    Agora. Quanto ao tema: impacto nos resultados organizacionais e na satisfação dos colaboradores. Eu acho relativo.

    Primeiro: Se uma organização apresentar resultados negativos, de certeza que o impacto será negativo.

    Segundo: Se uma organização apresentar resultados negativos, não haverá satisfação dos colaboradores. Porque vai se refletir a cada colaborador o não cumprimento de metas estabelecidas pela organização.
    Mas se a organização apresentar resultados positivos o impacte será positivo. E aí sim podemos falar de satisfação dos colaboradores.

    Analisando a frase de abertura do Stephen Covey: A tecnologia reinventará os negócios, mas a relação humana continuará a ser a chave do sucesso.
    É uma frase brutal e que se pode dizer intemporal. Porque a tecnologia tem vindo a ser brutal no desenvolvimento não só dos negócios, mais a nível global.
    Diferente da revolução industrial em que as máquinas e tecnologia de estavam à frente. Nos dias de hoje há sensações contrárias nalgumas circunstâncias. Sentimos a necessidade de alguns serviço que a tecnologia ainda não ofereceu e daí é que surgem as inovações.
    Quer dizer que não podemos deixar tudo para a tecnologia inovar. Devemos ser nós a estudar cada vez mais processos de modelagens para maximizar lucros e minimizar custos e na fluência dos serviços e produtos no mercado.

    Devemos integrar a comunidade dos que pensam e fazem com que a tecnologia impera num negócio ou no mundo.
    Obrigado. Era só para dar também o meu contributo ao tema e subtema.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here