A educação financeira é essencial para que possamos controlar as nossas despesas e eventualmente fazer a reserva de emergência em momentos de crise. Assim sendo descrevemos alguns passos que vão ajudar-lhe a organizar a sua vida financeira.

Definir o orçamento familiar

Fonte: freepik

O primeiro passo para organizar a sua vida financeira e conquistar mais qualidade de vida é definir e controlar todos os custos, considerando sempre a renda mensal.

Devemos fazer gastos dentro das nossas possibilidades. Fazer um orçamento das despesas domésticas, com todos os gastos mensais com o objetivo de não gastar dinheiro que não temos.

Analisar o orçamento

Compreender a importância do hábito de poupar como forma de melhorar e obter qualidade de vida é inessencial para educação financeira. Faça uma reserva para despesas que sabe que chegam mais tarde, de forma a ter dinheiro suficiente para pagar: impostos, seguros, etc.

Controlar o orçamento

Fonte: freepik
  • Aprenda a comprar somente o que você precisa;
  • Pesquise os preços e faça as contas antes de comprar os bens, principalmente os de alto valor, que podem desequilibrar seu orçamento a médio e longo prazo;
  • Evite fazer compras quando estiver estressado, cansado ou com fome.
  • Anotar todos os seus ganhos e gastos mensais é fundamental;

Quando apagado por operações de crédito

Ao decidir por uma operação de crédito, é indispensável analisar se o valor das parcelas é adequado ao seu orçamento mensal, além de ter a certeza de que essa opção lhe proporcionará mais tranquilidade. adquirir crédito é uma solução para liquidar  débitos e resolver as emergências financeiras, mas também pode ser muito útil se contratado de forma consciente para antecipar os sonhos, como por exemplo: fazer um investimento, financiar um carro, adquirir um imóvel etc.

Como sair do ponto crítico

Em situações críticas é necessário optar por  alguns hábitos, a fórmula é simples:

  • Gastar menos, poupar mais, trocar como dívidas caras pelas mais baratas; 
  • É fundamental fazer um orçamento e segui-lo; 
  • Entender as vantagens de planear o consumo é fundamental. 

Consumo planeado e consciente

Conhecer e respeitar princípios como: não gastar mais do que se ganha; poupar no ato do recebimento; constituir reservas; evitar dívidas; diversificar investimentos; manter controle sobre receitas e despesas, são regras importantes. Algumas pessoas ganham pouco, mas mesmo assim conseguem fazer poupança e acumular dinheiro. Outras, embora ganhem bastante, não conseguem administrar o seu orçamento e vivem endividadas.

Investimento

Com as contas em dia e o orçamento doméstico organizado, é imprescindível começar a poupar e investir. Existe diversas formas de você fazer isto, mas o importante é sempre ter uma aplicação onde você possa pegar o seu dinheiro no momento que precisar em casos de emergência ou oportunidades. Por exemplo, a mais conhecida é a poupança. tipo de conta ideal para você guardar suas economias e juntar dinheiro para realizar seus projetos.

Fonte: freepik

De fato muitos fatores podem influir na situação financeira das pessoas. A Educação Financeira é o mais importante deles. Certas pessoas planear seus gastos e procuram aproveitar promoções e boas oportunidades, valorizando o seu dinheiro. Outras não resistem aos impulsos para consumir.

Compreender a importância do hábito de poupar como forma de melhorar a qualidade de vida. Entender o conceito, as características e as modalidades dos investimentos, para que possa escolher a aplicação mais adequada ao seu perfil e às suas necessidades. Entender os riscos financeiros e quais as medidas de prevenção e proteção adequadas para cada situação; Aprender a negociar suas dívidas é fundamental para uma reestruturação financeira.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here