Visitors have accessed this post 208 times.

Partilhar artigo:

Os riscos que deverás ter em conta quando decidires investir.

Um dos maiores desafios para aqueles que desejam começar a investir são os riscos associados ao mesmo.

Todo investimento visa uma rentabilidade e o risco está associado à incerteza desta.

Diariamente estamos suscetíveis a decisões arriscadas na nossa vida e no mercado financeiro não é diferente, Por isso, é essencial que se conheça cada um destes riscos e se saiba como traçar boas estratégias para minimizá-los ao máximo. Tudo começa com o refletir sobre que tipo de investidor se quer ser, decidir o nível de risco que está disposto a tomar e que tipos de produtos são mais adequados para atingir os seus objetivos. É aconselhável que nunca se invista dinheiro de se que precisa nesse período de tempo, ou se evolva em transações que lhe possam causar dificuldades financeiras. 

Riscos a que estarás exposto quando investires:

  • Risco de Mercado

O risco de mercado está relacionado com a envolvente macroeconómica. Fatores como reformas fiscais, legislação, regulamentação e mudanças globais podem influenciar o risco de mercado. Estes possíeis episódios podem reverter-se em consequências negativas para as empresas e dessa forma influenciar o seu valor de mercado.

  • Risco de Preço

O valor dos teus investimentos irá provavelmente flutuar de forma contínua, o que fará com que estejas exposto a um risco de preço. Ressalva-se ainda a importância de diversificares os teus investimentos para reduzires de forma parcial este risco.

  • Risco de Juros

Alterações na taxa de juro têm um impacto direto no valor das obrigações. Se as taxas de juro aumentam, os preços das obrigações tipicamente descem. O impacto da mudança depende da data de maturidade, sendo que uma data de maturidade mais longa frequentemente leva a uma diminuição de valor. Pode também existir o efeito indireto noutros produtos financeiros como ações. Se a taxa de juro do mercado aumenta, torna-se mais caro receber dinheiro emprestado. Isto pode levar a uma redução no consumo e encargos com as taxas de juro mais elevados para as empresas. Como tal o valor as ações pode ser negativamente afetado.

  • Risco de Crédito

O risco de crédito é o risco da empresa, estado ou país em que tu investes possa ou não cumprir as duas responsabilidades de pagamento. Para exemplificar, no que respeita ao risco de crédito nas obrigações, isto significaria que o juro não seria pago aos detentores da obrigação e o teu investimento iria diminuir em valor ou, no pior caso, deixaria de ser negociável.

  • Risco Cambial

Estamos expostos a este risco quando o investimos com uma moeda que não é a moeda do país em que vivemos. Se a moeda em que investires diminuir de valor, então irás receber menos pelos teus investimentos em relação ao preço da moeda local. (Ex: EUR/USD)

Alguns dos livros que deves ler se queres ser um investidor de sucesso.

12 COMENTÁRIOS